Filomena Barata, Dia da Criança, 2012. Vamos todos participar com os jogos tradicionais?


 

ATÉ PARA O ANO MENINOS DE ANGOLA!
ADEUS E BEIJINHOS!

Para a Maria Celeste Gerald, pela ideia que teve, dedico esta fotografia. A todo o grupo um enorme abraço do tamanho do Atlântico que nos une e um muito obrigada pela adesão aos jogos tradicionais, escolhidos como o tema do nosso Grupo para o Dia da Criança. No dia 3, numa iniciativa conjunta da Casa de Angola, da Associação Griot e da Associação Amaa Amaangola, iremos também jogar ao pião ente muitas outras actividades de que vos deixarei nota.
Foto

Desenho de Mariana Lampreia para o Dia da Criança

Tony Abreu

Quem de nós não desejaria dar todos os dias o melhor aos seus filhos?
Contudo, os tempos de crise que atravessamos fazem-nos equacionar de forma muito séria o que é afinal “dar o melhor”.
E o “melhor” não são certamente os objectos consumíveis,  desgastáveis ou que caiem muito facilmente em desuso, pois a sociedade da informática em que as nossas crianças estão a ser maioritariamente educadas no Mundo Ocidental tem um ritmo tão acelerado que muitos deles se desactualizam de um dia para o outro, situação essa que não se compadece com os difíceis momentos que atravessamos e com as carências sentidas pela maioria dos meninos e meninas do Globo.
Assim, face à criativa proposta de Maria Celeste Gerald, a quem muito agradecemos todo o empenho nas iniciativas do AEPPEA, este grupo vai, em 2012, dedicar-se aos jogos tradicionais, pois são genericamente imaginativos, requerendo poucos custos e recursos, contando-nos ainda por cima histórias dos seus locais de origem.
O nosso lema será, portanto, rodipie o Mundo nas mãos das crianças.
E partilhemos aqui as nossas iniciativas do Dia Mundial da Criança.
Olá Angola…
Olá Portugal…
DIA DA CRIANÇA. ..com jogos tradicionais.
Às escondidas ou à apanhada, ao lencinho ou ao macaquinho chinês, ao eixo, com os berlindes ou as caricas…são brincadeiras de outros tempos trazidas até nós, que a saudade nos impõe…

  • Este desenho é dedicado  a Maria Celeste Gerald. que, em 2011, ofereceu os seus papagaios de papel a um grupo de crianças de Angola e que, este ano, propôs ao Grupo AEPPEA que nos dedicassemos aos jogos tradicionais portugueses.
  • Tu e Maria Celeste Gerald gostam disto.
    • Filomena Barata E belíssima esta ideia, principalmente se pensarmos que a crise exige saber brincar com jogos criativos e de custos baixos
O jogo do berlinde
O que é preciso para jogar?

–  Existir vários jogadores.
– Cada  um dos jogadores deve possuir, no mínimo, um berlinde (de vidro ou metálicos).
– Um espaço plano de areia ou terra batida no qual se fazem três covas em linha, afastadas entre si cerca de 50 cm. É também possível reciclar velhos tapetes ou alcatifas. Neste caso sugere-se as covas deverão ser desenhadas.
Como jogar?
Cada jogador lança o seu berlinde para a cova mais afastada, colocando-se na “primeira”. O jogador que dá início ao jogo é o que conseguir fazer o seu berlinde entrar na cova ou ficar mais perto dela, determinando-se assim a ordem dos jogadores (se forem mais de dois).
O objectivo é que cada jogador coloque o berlinde sucessivamente em cada uma das três covas, lançando-o com os dedos (há várias formas de o lançar), tendo direito a avançar um palmo para dar “impulso”. Quando o jogador consegue fazer o seu berlinde chegar à ultima cova  – que, para todos os efeitos é a “primeira”-  faz o percurso no sentido contrário e lança-o a seguir para a cova do meio, para ganhar o direito a “matar”.
Ao concluir o percurso, o jogador ganha o direito a atingir o berlinde dos outros jogadores, para poder vencer o jogo.
Para facilitar o percurso, o jogador deve tentar acertar nos berlindes dos adversários, ganhando com isso o direito à cova que, nessa jogada, pretende alcançar.
Caso o berlinde do adversário caia numa cova, deverá ser retirado com três lançamentos contra o mesmo. Se o lançador falhar, perde a vez e o berlinde do adversário ganha a posição daquela cova. A vez passa para o jogador seguinte.Quem ganha?Ganha o jogador que, após completar o percurso (ganhando o direito a “matar”), acertar (“mata”) no(s) berlinde(s) de outro(s) jogador(es) em primeiro lugar».
 
Bom dia Angola…Bom dia Ana Portugal
Porque o dia Mundial da Criança está chegando, convido-os a partilhar a forma como iremos tentar fazer felizes as Crianças.
Este ano, apelamos no sentido de as levarmos a conhecer os jogos que fizeram a felicidade dos pais das mesmas. PROPONHO-ME dar a conhecer-lheso jogo do pião….

Maria Celeste Gerald

Para TI CRIANÇA…
UMA CAIXINHA DE RECORDAÇOES…
UMA MEMÓRIA….
a do encanto dos divertimentos dos momentos da nossa meninice: as correrias desenfreadas,as gargalhadas, os risinhos e as fantasias…
Como eu jogava
– os berlindes
– o lencinho
– o mata
– o macaquinho chinês
– a malha
– a bilharda
– o pião
– o arco
– saltava à corda…etc…etc…agora digam vocês.
  • OS JOGOS TRADICIONAIS
    «UMA CAIXINHA DE RECORDAÇOES QUE SABE BEM ABRIR E RECORDAR»

    A importância dos mesmos:
    Os jogos tradicionais, transmitidos de geração em geração, transportam um valioso legado cultural que importa muito preservar e dar a conhecer.
    Devemos valorizar o passado para melhor para melhor construirmos o futuro, de forma harmoniosa e sustentada.Esta será no meu entender a estratégia que as autarquias devem seguir, construindo parques para a realizaçao dos mesmos.

    • Alipio Mendes Jogo da Garrafinha, jogo tradicional Angolano
      • Alipio Mendes adicionou fotos ao álbum Os Amigos de Cassoalala.

        GostoNão gosto · ·Não seguir publicaçãoSeguir publicação · há 13 minutos
          • Fotografia de Alípio Mendes

            Alipio Mendes

            ‎-Parei em Cassoalala para esticar as pernas e fumar um cigarro, logo se aproximou um miúdo que me pediu um caderno para escrever as coisas da escola.
            Dei -lhe o bloco que trago sempre comigo e uma caneta, e alguns trocados, disse que queri…a ser meu amigo e quando voltasse se trazia mais para levar para a escola e camisas.
            -Chamo-me Paizinho disse ele
            -Escreve então o teu nome para eu ver se sabes.
            -Então escrevo os dois nomes, na escola sou Paizinho mas em casa sou Pedro Justino António.
            E lá escreveu o nome e com letra bonita. Logo a seguir aproximou outro, um pouco mais crescido que também queria um caderno, mas já não tinha para lhe dar, prometi que passaria e levava e se os encontrasse lhes entregava, abraçou-me e deu um aperto de mão, então perguntei se podia tirar umas fotos para recordação e ficaram todos contentes.
            No final ambos disseram:
            -xau vai com Deus boa viagem.
            O mais crescido disse ainda:
            -És simpático, vai com Deus e antes de viajar aperta o cinto de segurança!
            Foi a minha contribuição embora pequena no Dia da Criança.

      Desenho para o Dia da Criança da autoria de Antónia Tinturé.

    • Sofia BeirãoAdoro, sou craque hahaha em garrafinha e trinta e cinco.
    • Alvaro SilvaEsse jogo tbem não conheço.
    • Margarida Rosa Morais Ah mana Sofia Beirão, expilica então como joga-se esse jogo da garrafa!
    • Sofia BeirãoAlvaro, parece q n tiveste cá mt tmpo hahahahaha

    • Sofia Beirão

      Garrafinha é um jogo realizado por 2 equipas (pode ser num nº de 3 a 3 ;4 a 4 etc), na imagem temos equipa de 2 pessoas para cada lado. Estipula-se um limite (como vemos a equipa q está de fora o menino de azul e de vermelho,) em que as dua…s partes não podem passar, e a equipa adversária vai passando a bola de um lado para o outro (dar passada), com o objectivo de apanhar o adversário distraído e atingi-lo com a bola “morto como dissemos hahaha”. Dependentemente do nº de participantes, usamos garrafas de cerveja ou de gasosa vazia (na imagem usa-se 2 por serem 2 em cada equipa), e o objectivo é enche-las e desvazia-las. Mas durante a tentativa de querer encher, a equipa adversária vai tentar te atingir com a bola ( feita de meia que usamos nos sapatos, com sacos e um pouquinho de areia pode ser, pra dar peso). Boa sorte… hahahaha vamos tentar encher as garrafinhas de areia e esvazia-las, sem sermos atingidos, pq se formos, perdemos e é a vez da equipa adversária e assim sucessivamente.
    •  
      Alvaro Silva

      É verdade minha querida amiga , por vezes olhamos para as coisas e não as vemos por que não as entendemos… e aproveito para lembrar de um jogo que apareceu na altura em que eu Estudava o Ciclo Preparatório, jogo esse que se celibrizou no… seio dos estudantes,sobretudo entre as raparigas, embora eu raramente o tenha jogado por o achar sem graça. Chamavam-lhe o pisa, onde os intervenientes no jogo se dispunham em circulo de pé, em número variável, mas julgo que nunca superior a cinco. No centro desse circulo fica um elemento que ao som de uma voz que gritava pisa tentava pisar o pé de qualquer dos elementos que constituiam esse circulo , normalmente o “pisado” era sempre o menos atento.O elemento cujo pé fosse pisado era excluído do grupo. Assim se desenrolava o jogo até a eliminação de todos os elementos do grupo. anh deixa-me dizer que se o inviduo que estava no centro falhasse a tentativa de pisar o pé do colega, perdia o lugar do centro e entrava para o circulo no lugar do que esquivara a pisadela, e este por sua vez ocuparia o centro ficando assim com a missão de pisar. Ganhava o jogo que ficasse no centro sem adveresários para pisar.” Acho que fui explícito. Se alguém se lembrar deste jogo com maior clareza que nos ajude a esclarecer melhor. Um abraço a todos. Experimentem ,mas não engraxem os sapatos antes e os que estiverem calçadas com sandálias aconselho a não participar, assim como os que tiverem “Joanettes” e calos. Cuidado com os individuos de botas cardadas ahahahah… não os deixem participar no jogo. Estamos Juntos.
    •  
      Kim BelfotoEu lembro-me de um bem violento que era a Besta Quadrada.!!!!!!
    • Alvaro Silva

      Sim esse era para gente de barba rija , já naqula altura chegou a ser proibido nos átrios e nos recreios de muitas escolas. Vi colegas meus chorarem por causa das palamadas brutais que levavam, assim como no jogo da ESTÁTUA.!!! Quem se lemb…ra?? Estes jogos eram impróprios para crianças que é no fundo o que o grupo pretende para marcarmos as comemorações do Dia Internacional da criança que é dia 1º. de Junho. Os jogos que aqui falamos eram mais para gente adolescente. Um abraço.
    •  
      Kim BelfotoAmigo andei na Missão de S. Paulo, em 1952, com 8 anos de idade, 5oo alunos , acho que havia um outro branco, eheheh quando entrava no jogo dava muito nas vistas , levei bué de porrada, acho mesmo que tinha colegas que eram racistas …. ahahahah abraço
    • Filomena BarataVou levar mesmo para o blogue com todos os vossos comentários, pois lembram jogos que temos que recuperar.
    • Jogo da bilharda (grupo maior)
      Necessário: Espaço amplo ou “lameiro” (prado); um pau de 1cm para cada jogador e uma bilharda (pau de 8 a 10cm).
      N.º de Jogadores: 3 a 6.Os jogadores dispostos de forma circular, separados de dois metros. Cada qual faz uma pequena poça junto de si, no qual assenta a extremidade do seu pau. Para determinar qual é o jogador que fica coma bilharda em primeiro lugar, …um deles pega em todos os paus e bilharda e atira-os, simultaneamente, por cima da cabeça para trás das costas, para longe. O dono do pau que fica mais próximo da bilharda é o primeiro a lançar. Então, após todos estarem preparados, isto é, com a extremidade do seu pau na sua poça, o que tiver a bilharda lança-a de forma que caia verticalmente no centro do círculo. Os outros podem bater-lhe e atirá-la para longe. Se isso acontecer, quem a lançou vai imediatamente busca-la e tenta metê-la numa das poças dos outros que, entretanto, têm que ir esfuracar (esburacar), obrigatoriamente, na poça de quem foi buscar a bilharda. Se o conseguir fica o dono da poça. Se bater na bilharda e falhar fica ele com a bilharda (passa a ser ele a lançá-la ao ar). Se falharem duas ou mais vezes, fica com a bilharda o primeiro a levantar o pau da sua poça. Perde o jogador que ficar com a poça maior, pois é sinal que gastou muito tempo a ir buscar a bilharda.

    Vanda Mendes Salgado O jogo do chinquilho consiste no arremesso de uma malha de forma a derrubar um pino, que se encontra a cerca de dezoito metros de distância. Cada derrube do pino vale dois pontos, quem conseguir ter a malha mais próxima do pino obtém mais um ponto. O jogo termina aos vinte e quatro pontos.
    O jogo do Chiquilho faz parte do entertenimento do Povo nas tardes de Domingo, era sempre jogado á porta de uma Taberna , o povo de desde há muitos anos sempre teve a tendência para o jogar Chinquilho.
    As tabernas, praticamente já não existem mas o jogo continua…” acartar ferro”, como alguns jogadores dizem.

    Crianças. Fotografia Paulo Percheiro

    Criança todos os dias.
    Técnica Mista s/Tela 40×30 2012A Lógica De!… Conta certa lenda, que estavam duas crianças patinando num lago congelado.
    Era uma tarde nublada e fria, e as crianças brincavam despreocupadas.
    De repente, o gelo quebrou e uma delas caiu, ficando presa na fenda que se formou.
    A outra, vendo seu amiguinho preso, e se congelando, tirou um dos patins e começou a golpear o gelo com todas as suas forças, conseguindo por fim, quebrá-lo e libertar o amigo.
    Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
    – Como você conseguiu fazer isso? É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis!
    Nesse instante, um ancião que passava pelo local, comentou:
    – Eu sei como ele conseguiu.
    Todos perguntaram:
    – Pode nos dizer como?
    – É simples: – respondeu o velho.
    – Não havia ninguém ao seu redor para lhe dizer que não seria capaz.Albert EinsteinArte Universal – Carmen Lara
    www.rascunhosdalara.blogspot.ptVer mais

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: