Publicado por: Filomena Barata | Outubro 14, 2011

O Minho, Maria Celeste Gerald

Meus Amigos
Hoje, fico por cá, pedindo bençãos, para todos nós, ao Bom Jesus de Braga…
 

 
Braga……..numa tarde de Verão e muito calor…:))

 
Parque Nacional Peneda GerêsZona criada em 1971. Abrange as serras da Peneda, do Soajo, da Amarela,estendendo-se pelos distritos, de Viana do Castelo,  Braga e Montalegre.
Para quem gosta do campo nao há como a paisagem deste parque, o qual se estende, entre os planaltos de Castro Laboreiro e engloba as serras de Peneda, Soajo, Amarela e do Gerês.

 
 
Gerês,  considerado o paraíso dos botânicos.
Tem espécies endémicas e assim encontramos uma cobertura vegetal original do território começando pelos carvalhos gigantes cobertos de hera.
 
A zona do Gerês possui hotéis e pensões, época termal de 15 de Maio a 15 de Outubro.
Estabelecimentos termais, fontes com várias nascentes termais, as 2 principais A BICA 42,5 graus e a FORTE 47 graus . A água da primeira é notável pela fluoretaçao. Estas águas são indicadas para tratamento do fígado.
 

 
 
Gerês e a sua beleza
O seu interior é constituído por enúmeras cascatas. É rico em águas termais das caldas do Gerês e possui águas represadas pelas barragens , as quais, originam albufeiras como a de Paradela e outras.
 

 
Geres e sua fauna

Com um pouco de sorte, avistamos (garranos) lusogalicianos, cavalos selvagens que passam indiferentes a fronteira.
Descobrem-se corços e javalis, não podendo dizer-se o mesmo da cabra montesa e do urso.

O urso e a cabra montesa terão desaparecido por volta do séc.XVIII,pelo que se consideram extintos. Ainda há casos raros de suínos a monte.

 

Gerês, sua fauna.

A par dos lindos «garranos», que em debandada circulam entre Espanha e Portugal, ainda há lobos.

 

 
Ainda existem lobos, alguns são abatidos como predadores do gado, sobretudo o ovino.
Sobrevivem com dificuldade, devido ao dsaparecimento da caça maior e também porque é afectado pela alteraçao ocorrida no seu habitat natural.
 
 
A sua maior notariedade.
Os seus ESPIGUEIROS—Aquilo que se torna mais notória numa visita ao Lindoso é a sua colecção de espigueiros, ali ,junto ao castelo a desafiarem os tempos desde os últimos dois séculos e sobre eles terá escrito Saramago «SÃO MESMO PARA VER DE FORA,NÃO FALTARIA IR PERTURBAR A PAZ DOS MILHOS. ASSIM DISPOSTOS, OS ESPIGUEIROS FORMAM UMA CIDADE…»
 

 
 
O solo Minhoto é um palco dominado pelo granito e constituído por por grandes extenções de faixas xistosas.
O arqueólogo Vimaranense, Martins Sarmento, fez um estudo sobre um legado histórico, todo ele em granito: Citânia de Briteiros.
Podemos dizer que o Minho é todo ele uma arquitetura de pedra.
 

 MINHO
Arte de trabalhar a pedra.Os rios que atravessam o Minho têm a singularidade de serem ornamentados com lindas pontes.
Observemos a ponte de BARCELOS.
 

 
 Arte de trabalhar a pedraQuem passar em Caminha deve visitar a igreja da Misericórdia, de estilo renacentista até ás talhas barrocas presentes nos seus altares.
Devem também apreciar a ponte de ferro sobre o Lima, arquitectada por EIFFEL.
 

 

GostoNão gosto · ·Seguir publicaçãoNão seguir publicação · Quarta-feira às 21:30
 
Arte de trabalhar a pedra.
Foi com estes materias, o gosto, a mestria e o trabalho dos Minhotos que se conseguiu obter a riqueza imponente e inquestionavelmente bela do património arquitectónico do Minho.
Apreciemos a beleza da igreja dos Remédios em Guimarães.
 
 
Vá um dia conhecer a Igreja da Madalena da Falperra .

 Arte de trabalhar a pedraNao devemos descurar uma obra de arte valiosíssima chamada Santa Maria do Bouro.
O seu interior é riquíssimo, quer em materiais, arte, trabalho, sabedoria e mensagem que nos transmite.
Situa-se em Cabeceiras de Basto, cujo foral lhe foi concedido em 1510 ,cuja construção seria medieval, sendo a igreja de traçado Barroco do séc.XVII, cuja talha data do séc.XVIII.
 

 

Uma Obra de Arte.
Interior de um mosteiro Beneditino, o qual já existia em 1148, em Santa Maria do Bouro.

 

 
 
Conheça também:
PALÁCIO DA BREJOEIRA! ENTRE MONÇÃO E ARCOS DE VALDEVEZ!
 

 
 
 
Festas.
A devoção e o culto religioso, muito sentido, leva os Minhotos a venerarem os seus padroeiros, sendo um deles, São Torcato.
 

 
Romarias
No Minho há uitas romarias durante o ano.
Nao há arraial que se preze onde nao entre o rancho folclórico Minhoto com o seu «vira»
A dança associa-se á forma de viver e de sentir,sendo notório o tom alegre e festivo de todas elas.
A mais conhecida é a da Sra da Agonia em Viana do Castelo.

 

 
Artesanato Minhoto
 
Existe muito e variado artesanato nesta região. Desde os Zés Pereiras,dos quais se diz estarem na origem do CARNAVAL brasileiro, cantaria, cestaria, tanoaria,trabalhar o barro, tecelagem, alambiques,palmitos,bordados, rodilhas, bonecas, ferro forjado louça de Viana,etc…etc…nunca esquecendo o emblemático galo de Barcelos e a grande artesã Rosa Ramalho.
 

 
O vinho

Esse precioso néctar…o «binho berde»
para acompanhar tao saborosas iguarias, a delícia de um Alvarinho.
As videiras, essas, permitem o prolongamento da paisagem, animada pelos históricos e tradicionais sistemas de condução das vinhas do «enforcado» dos «arjões» das «ramadas» e das «latadas».

 

 
OS VINHEDOS DO MELHOR: VINHO ALVARINHO PORTUGUÊS.

 
 
Sua gastronomia
 
A alimentaçao em torno do porco é quase um ritual, desde a matança até ao sarrabulho.
Muito importante é a lampreia, a truta o sável e a sardinha.
São conhecidos os rojões, o cozido Minhoto, arroz de frango, chispalhada ,…etc…
Sao célebres sa migas de bacalhau com poejos.
 

 
Seus doces…
Sao muito conhecidos os doces Minhotos
As regueifas doces, rabanadas, ovos doces, formigos, sonhos ,coscoroes, arroz doce e muitos outros.

 
 

Maria Celeste Gerald MINHO Seu doce… Sao muito conhecidos os doces Minhotos As regueifas doces,rabanadas.ovos doces,formigos,sonhos ,coscoroes ,arroz doce e muitos outros. . GostoNão gosto · ·Não seguir publicaçãoSeguir publicação · há 12 horas.


Responses

  1. Adorei partilhar com todos voces algo sobre o Minho.
    Espero que tenham gostado e que tivessem ficado com vontade de o visitar.
    Se o fizerem,por certo ,nao se arrependerao ,pois,o Minho a todos nos enleva….


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: