Publicado por: Filomena Barata | Agosto 31, 2011

Álvaro Silva, Aqui nesta terra nasci

Fotografia de Filomena Barata, angola 2010

Alvaro Silva

Aqui nesta terra nasci,
aqui nesta terra me fiz.
amei e chorei
sofri e sorri.

Aqui nesta terra,
pessoas encantei
e gente desencantei

Aqui nesta terra
amarguei o meu sentir
e para a vida cresci

Aprendi a querer
aos amigos e aos amores

Aqui nesta terra
soou o meu eu
e no meu peito cresceu
a vontade que sinto
de todos encantar
para minha vida alegrar

Aqui nesta terra
Muita coisa perdi,
Perdi a inocência
e amores também,
perdi amigos
que a vida levou
perdi familiares
que o tempo não perdoou

Aqui nesta terra
Caminhos cruzei
e em muitos me atolei
mas sempre terei
os amigos que conquistei
e os amores que ganhei.

Desta forma fecho o ciclo da Literatura.
Espontâneo, sem aprumos nem arrumos… aqui vai meus amigos, simplicidade e modéstia a mistura. Aos críticos minha mão a palmatória, aos complacentes a vénia de agradecimento…Estamos juntos.

Alto Dondo, 31 de Agosto 2011- 12h 15


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: