Publicado por: Filomena Barata | Agosto 2, 2011

Álvaro Silva, O silêncio

Lisboa, 2011. Fotografia Filomena Barata

Alvaro Silva

O silêncio opressivo,
desperta em mim,
essa vontade que sinto de dizer, sem falar
essa vontade de me expressar sem nada dizer.

…Anseios e sentimentos convulsam
buscando nestas letras
a expressão do meu querer dizer.

Este dizer que digo sem nada dizer
esta palavra que teima em sair
sem nada ter que dizer,
e nesta confusão de ditos sem nada dizer
pula minha alma
por entre estas palavras que digo
mesmo sem nada dizer.

Queima-me a vontade de tudo querer dizer
e este nada ter que dizer
solta-me isto que mesmo sem nada dizer
Digo-vos
sem falar
sem palavra
mas com o sentir de tudo querer dizer.

Alto Dondo,02 de Agosto 2011- Saíu… e deu isto… espontaneo, medíocre, pobre… sem prumo nem arrumo…sujeito a criticas.Ver mais

Advertisements

Responses

  1. […] A Mulher Angolana e Portuguesa, Literatura, Poesia e Música « Álvaro Silva, Sou de Angola Álvaro Silva, O silêncio […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: