Publicado por: Filomena Barata | Julho 5, 2011

Álvaro Silva, Saudade

Rosa do quintal, fotografia de Álvaro Silva

Fotografia Filomena Barata

Alvaro Silva
Meus caros, tenho estado ausente, por razões profissionais, mas presente sempre e aqui neste espaço, onde nos atrevemos a espiar muito do que nos vai na alma por isso aqui vai com a simplicidade e com a espontaneadade deste momento aqui por mim vivido, precário, mediocre,simples, mas saído daqui deste interior que assim sentiu, a…ssim pensou e assim escreveu.

Parti.
parti com a dor da saudade
dilacerando meu peito,
parti com a certeza de que voltarei
voltarei para aqueles que amo
voltarei para a terra que os acolheu
e em minha alma cresceu
o sentimento da certeza
mas não a fastou a tristeza
pela distancia
que me separa dos meus.Para trás ficou
a saudade
para trás ficou
um pouco de mim
uma parte da minha alma
uma parte do meu eu.
O alento e o suspiro
com o olhar perdido no vazio
são bem o testemunho
do que na alma me vai,
mas nada mitiga
o que no fundo me doi,
doi esta dor
doi a impotência deste sentir
este sentir que doi
que doi e não se condoi
de quem, por seu mal padece.
padece e ninguém se compadece,
senão sua prece
ao Senhor Complacente.

Alvaro Silva
Alto Dondo 00.48 h- 05 Julho 2011

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: