Publicado por: Filomena Barata | Maio 25, 2011

Maria Clara Santos, África

Maria Clara Santos
África

Antes do sono profundo
Que a vida me exige
Com a sua lei transcendente
Forçosamente
Onde a minha alma mergulhará
Antes desse silêncio fatal
Vencedor
Arrebatador
Onde nem o vento soprando
Nem sequer passos de humanos
Sinos tocando
Vozes, canções entoando
Junto de mim me acordarão
Antes do momento imperioso
Do julgamento divino
Onde a verdade confrontará
Em balança com o mal
Antes que os meus olhos se cerrem
Meu coração não bata jamais
Meus lábios não sorriam
Antes que o último punhado de terra
Meu corpo há-de receber…
Há um desejo inviolável
A que tenho direito
Que nem distâncias
Nem guerras
Nem leis dos homens
Me farão renunciar
E antes que a morte me arrebate
E não nasça a alvorada
Eu tenho que te ver, minha terra
Ainda que uma só vez
Tu tens que saber, África
Que nem o além infinito
Desconhecido e temido
Apagará este amor
Que trago guardado no peito
Que me dá força
Que me impede de sucumbir
Eu tenho que te ver
Ainda que uma só vez
Minha terra…antes de partir.

m.c.s.1978 ( hoje dia de áfrica, um kandandu do tamanho do olhar de Deus para esse continente que é o meu chão, meu porto de abrigo; Já voltei depois de 1978 e quero sempre voltar )

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: