Publicado por: Filomena Barata | Abril 6, 2011

Maria Clara Santos, Sinto-te a falta

Nascer do dia em Évora, Fotografia de Filomena Barata

Maria Clara Santos
SINTO-TE A FALTA

SINTO-TE A FALTA
No que causou o breve instante
Estranho, Raro que o vazio não apagou,
De mim em ti perdida no tempo
Que passa e não passa pela tua ausência,
No que restou da tua presença

SINTO-TE A FALTA
No que me ficou do teu olhar…
No brilho travesso de quem vive a brincar
E no sorriso rasgado que nada promete
E convida a sonhar

SINTO-TE A FALTA
Na cor que recordo, minha terra quente
Tua tez morena, brisa pálida e amena do sol do poente,
No cheiro africano, do timbre sedoso
De ano após ano falando fogoso daquele lugar

SINTO-TE A FALTA
Na prosa… alegre e nervosa que já partilhámos
Idéias, passados, futuros
Que ambos buscámos
No beijo denso duma partida
Do silêncio intenso gritando por vida
SINTO-TE A FALTA
Na falta de sempre duma vida inteira
Desde a vez primeira até ao Presente.

( por m.c.s. )

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: