Publicado por: Filomena Barata | Março 25, 2011

Terra, Filomena Barata

Angola, 2010. Fotografia de Filomena Barata

Às vezes é preciso queimar a terra,
salgá-la como espaço interdito, proscrito,
para que um dia, sobre ela, uma flor aberta possa crescer.

Encher a terra de pedras, para que sob as mesmas
o tempo possa descobrir segredos enterrados
para que tudo se possa reescrever.
Com cada coisa no devido lugar!
Apenas um novo olhar a desvendar
e a terra de novo brotará!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: