Publicado por: Filomena Barata | Março 4, 2011

Aqui, Arlindo Barbeitos

Publicado por Esquilo Azul no Facebook

. Aqui .

“Na transparência da tardinha
que
impávidos imbondeiros sombreiam

cantar de galinhas do mato
é
eco de um tempo
em
que ilusão e verdade
cirandavam alheias ao mundo.

A esperança medrava verde verde
como rebemto de capim do Outubro.

Na transparência da tardinha
que
impávidos imbondeiros sombreiam.”

Arlindo Barbeitos

Nota: Arlindo Barbeitos nasceu em Catete, na região de Icolo e Bengo, a 24 de Dezembro de 1940. Em 1961 abandona Portugal rumo a França. Viveu tb na Bélgica, Suiça e Alemanha. Licenciado em Antropologia e Sociologia pela Universidade de Frankfurt foi professor na Universidade livre de Berlim Ocidental. Regressou a Angola em 1975. A sua poesia tem influências da tradição oral angolana/africana e da poesia oriental.

Anúncios

Responses

  1. sou professora de História no Brasil e gostaria de convidar o professor Barbeítos para uma conferência em minha universidade. Ele não atende nem por telefone nem por mail
    sabem de um endereço seguro?
    grata
    ]
    marion


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: