Publicado por: Filomena Barata | Março 2, 2011

Ana Paula Lavado, Um beijo sem nome

Trabalho, Fotografia de António Rodrigues

 

Publicado no Facebook por Manuela Freitas
«Sou da mesma terra que tu»

Quando te disse
que era da terra selvagem
do vento azul
e das praias morenas
do arco-iris das mil cores…
do sol com fruta madura
e das madrugadas serenas….

das cubatas e musseques
das palmeiras com dendém
das picadas com poeira
da mandioca e fuba também…

das mangas e fruta pinha
do vermelho do café
dos maboques e tamarindos
dos cocos, do ai u’é…

das praças no chão estendidas
com missangas de mil cores
os panos do Congo e os kimonosos
aromas, os odores…

dos chinelos no chão quente
do andar descontraido
da cerveja ao fim de tarde
com o sol adormecido…

dos merenges e do batuque
dos muquixes e dos mupungos
dos imbondeiros e das gajajas
da macanha e dos maiungos.

da cana doce e do mamão
da papaia e do cajú….

tu sorriste e sussurraste
“Sou da mesma terra que tu!”

Ana Paula Lavado
in ” Um beijo sem nome” do livro “Vozes ao Vento”

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: