Publicado por: Filomena Barata | Junho 10, 2010

Viva Portugal e Lisboa em dia de Solstício

O tejo, Fotografia Filomena Barata

http://

E que Lisboa cante o fado e ainda ecoem os pregões nas ruelas.
Que cheire a cidade a sardinas e ao amor que com ela dorme na cama: esse Tejo dos Marujos garbosos, revendo-me num deles, o que um dia “em que o vento não bulia” aprendeu o que era o fado.

E que se salte à fogueira em dia de S. João, já que o Santo da Cidade está hoje descansando das Festas em sua devoção.

Mas, mais do que tudo, QUE CANTE CAMÕES!

E que de Portugal, cada dia, fique o seu melhor, pois com ganhadores ou perdedores há algo cujo valor é inquestionável: a DEMOCRACIA e a
MULTICULTURARIDADE que sempre conviveu em Portugal, este país de tantas gentes e de tantas raças cruzadas.

Seja hoje, independentemente do quadrante político/ideológico em que nos situamos, um dia de LUZ, pois estamos no Solstício.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: