Publicado por: Filomena Barata | Março 7, 2010

>Caminhar, continuar a caminhar …

>


Continuaria a andar, até que esquecido fosse tudo o que havia para esquecer …

e inscrito ficasse apenas o essencial; o que há para guardar.
Anúncios

Responses

  1. >E como seria louco se isso acontecesse. Não me importaria de caminhar até mais não.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: