Publicado por: Filomena Barata | Junho 26, 2009

>Dedicatória

>

Este livro é dedicado a essas vagas luzes que
anunciam a alegria
e às vezes são alguém, um anjo, o caos, e no
meio do caos
o jovem doce tempo das tuas mãos.
és tu,
coração secreto à deriva pelos dias, o senhor do
meu canto.
Por ti cheguei e parto.
A minha casa é onde estás.

José Agostinho Baptista in Poemário, 2009, Assírio & Alvim

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: