Publicado por: Filomena Barata | Maio 18, 2009

>Canção de Maio

>Os rios são de luz,
E de oiro são as fontes.
É de oiro o mar azul,
Que banha os horizontes.

(…)

Para a Luz. Vida Etérea. Elegias, Teixeira de Pascoais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: