Publicado por: Filomena Barata | Março 21, 2009

>Dia Mundal da poesia: com as minhas mãos vou-te inventar

>

a poesia anda no ar
solta, louca, em vendaval
mas ainda assim repete palavras
que vão dar ao mesmo lugar

amortedeamartemeuamortesemtiaoluarmortedetertenoamordemortesemteterteamoreamorte

Anúncios

Responses

  1. >Coração, sim!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: